Vale-gás Federal para todo o país; veja quem poderá

A ideia é que o Planalto possa pagar uma quantia mensalmente para ajudar as pessoas em situação de vulnerabilidade a comprarem um botijão nos dias atuais.

O Governo Federal está neste momento cogitando a possibilidade de criar um vale-gás para as famílias carentes. A ideia, de acordo com as informações de bastidores, é que o Planalto possa pagar uma quantia mensalmente para ajudar as pessoas em situação de vulnerabilidade a comprarem um botijão nos dias atuais.

 

As informações são da coluna Painel, do jornal Folha de São Paulo. De acordo com a publicação, o Governo vê nesse vale-gás uma oportunidade para tentar conter a queda de popularidade do Presidente Jair Bolsonaro. Além disso, o projeto poderia evitar que o Ministério da Economia tivesse que intervir na questão dos preços do botijão no país.

 

No momento, tudo isso ainda está na fase das ideias. Oficialmente falando o Governo ainda não confirma essa informação. No entanto, ainda de acordo com a publicação do jornal, até mesmo o Ministro da Economia, Paulo Guedes, vem gostando dessa ideia. Isso levaria a crer portanto que seria só uma questão de tempo para que o programa virasse mesmo uma realidade.

 

Como tudo isso ainda está na fase de preparação, ainda não se sabe alguns detalhes do projeto. Ninguém sabe, por exemplo, quais seriam os valores desse novo Auxílio. Também ainda não é possível cravar quais seriam as pessoas que teriam direito de recebê-lo. Além disso, não está claro se o Governo vai abrir uma inscrição para esse programa.

 

Uma ideia que circula dentro do Ministério da Economia é usar esse dinheiro na forma de um bônus dentro do novo Bolsa Família. No entanto, ainda não dá para saber se é isso mesmo o que vai acontecer daqui para frente. O Governo Federal deverá tomar essa decisão dentro de mais algumas semanas.

Valor do gás

O valor do gás é neste momento uma das maiores preocupações de várias pessoas no Brasil. E não estamos falando apenas dos brasileiros que estão em situação de vulnerabilidade. Hoje o preço do botijão compromete boa parte da renda de muitos cidadãos.